O volume de visitantes latino-americanos em viagens de turismo religioso na Itália deve crescer 25% em 2013 e 2014, de acordo com estimativa feita pelo do escritório em São Paulo da Agência Nacional Italiana de Turismo – Enit.

Salvatore Costanzo, diretor da entidade para a América Latina, acredita que a visita do Papa Francisco ao Brasil este ano para a Jornada Mundial da Juventude e toda a divulgação dada pelos meios de comunicação reforçaram o desejo dos viajantes em conhecer a Itália e suas atrações religiosas.

Segundo o diretor da Enit, a expectativa é altamente positiva: “esperamos um incremento de 25% no número de turistas da América Latina no segundo semestre de 2013, considerando apenas o turismo religioso e também projetamos o mesmo crescimento para 2014″.

Turismo religioso na Itália

Basílica de São Francisco - Assis
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Basílica de São Francisco, em Assis

Os dois destinos mais tradicionais para os viajantes interessados em turismo religioso na Itália são Roma e o Vaticano. Na verdade, esses dois destinos estão entre os mais visitados de todo o mundo.

No entanto, o país oferece um grande número de outras opções para quem se interessa pelo turismo religioso, entre locais onde viveram ou estão enterrados santos, locais de milagres eucarísticos, igrejas maravilhosas e tradicionais centros de devoção.

Alguns dos mais conhecidos são Assis, Cássia, San Giovanni Rotondo e Lanciano, mas existem muitos outros espalhados por todas as regiões da Itália, que merecem ser visitados como Florença, Monte Sant’Angelo, Siena, Turim, Orvieto, Loreto, Nettuno e Montichiari, só para citar alguns.
Alguns destinos de turismo religioso na Itália

Túmulo de São João Paulo II, na cripta da Basílica de São Pedro
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Túmulo de São João Paulo II, na cripta da Basílica de São Pedro

Roma oferece aos fiéis interessados em turismo religioso um grande número de magníficas basílicas, santuários e igrejas, além de locais significativos para o cristianismo, como o Coliseu, onde frequentemente os cristãos eram sacrificados na época do Império Romano.

Encravado em Roma, o Vaticano, local de moradia do Papa Francisco, é o coração da Igreja Católica e onde está sepultada a maioria dos Papas, a partir de São Pedro, inclusive os Papas João Paulo II e João XXIII, que serão beatificados no próximo ano.

A Basílica de São Pedro e os Museus do Vaticano são algumas das suas atrações para os visitantes.

Além desses, existem muitos outros importantes destinos de turismo religioso na Itália, como por exemplo:

Porciúncula, pequena igreja que São Francisco de Assis restaurou
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Porciúncula, a pequena igreja que São Francisco de Assis restaurou

Assis (Assisi), onde nasceram e viveram São Francisco de Assis e Santa Clara, abriga a Basílica de São Francisco, classificada pela UNESCO como Patrimônio Mundial, a Porciúncula, igrejinha reformada pelo próprio São Francisco, os túmulos dos dois santos e muitos outros pontos de interesse que celebram a vida e a santidade de São Francisco e Santa Clara.

Pádua (Padova), é a cidade onde viveu Santo Antônio, conhecido como o santo casamenteiro, celebrado da Basílica de Santo Antonio de Pádua e enterrado na pequena igreja de Santa Maria de Mater Domini.

Basílica de Santo Antonio, em Pádua
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Basílica de Santo Antonio, em Pádua

Cássia (Cascia) é conhecida por abrigar o santuário de Santa Rita de Cássia, a santa das causas impossíveis e também por ter sido o local onde ocorreu um milagre eucarístico.

San Giovanni Rottondo, foi onde viveu e morreu São Padre Pio de Petralcina, conhecido pela sua santidade e pelos estigmas que recebeu. Seu corpo preservado está exposto na cidade.

Florença (Firenze) se destaca por suas magníficas igrejas, como por exemplo a Basílica de Santa Maria Del Fiore e seu Batistério de São João Batista.

Interior do Santuário de Padre Pio, em San Giovanni Rotondo
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Interior do Santuário de Padre Pio, em San Giovanni Rotondo

Lanciano se destaca por ter sido o local onde ocorreu um dos milagres eucarísticos mais conhecidos em todo o mundo.

Siena foi a cidade onde viveu Santa Catarina de Sena e também onde ocorreu outro conhecido milagre eucarístico.

Turim (Torino) é a cidade onde ficam a Catedral de São João Batista, onde está exposto o Santo Sudário (também conhecido como Sudário de Turim) e a Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, onde estão os corpos de São João Bosco (Dom Bosco) e Santa Maria Mazzarello.

Monte Sant’Angelo, nas proximidades de San Giovanni Rotondo, foi o local de uma celebrada aparição do Arcanjo São Miguel.

Orvieto, uma belíssima cidade medieval, tem uma linda catedral dedicada à Virgem Maria e foi local de outro milagre eucarístico.

Montichiari, lugarejo vizinho à cidade de Brescia, é o local onde ocorreram as diversas aparições de Nossa Senhora da Rosa Mística. Nas proximidades fica Fontanelle, onde apareceram fontes de água anunciadas por Nossa Senhora em uma dessas aparições.

Nettuno, nas proximidades de Roma, é onde viveu e foi assassinada Santa Maria Goretti, cujo corpo está exposto na cripta da Basílica de Nossa Senhora das Graças.

Oportunamente publicaremos reportagens sobre estes e outros destinos de turismo religioso na Itália.