Começa hoje em Cracóvia, na Polônia, a Jornada Mundial da Juventude – JMJ 2016, atraindo 180 delegações oficiais e milhões de pessoas – principalmente jovens – de todo o mundo.
Idealizada pelo Papa João Paulo II, hoje São João Paulo II, a JMJ é o maior evento de turismo religioso do mundo ocidental.
Como na edição anterior, que aconteceu no Rio de Janeiro, atraindo mais de dois  milhões de pessoas para a cidade, o Papa Francisco estará presente.
 

Viagens religiosas exigem operação complexa

Centenas de milhares de pessoas estão viajando desde a semana passada pela Europa para chegar a Cracóvia, já que os aeroportos locais não dariam conta do volume de voos e passageiros.
Mesmo assim, foi preciso utilizar diversas empresas aéreas e diferentes aeroportos para dar conta do volume de viagens religiosas geradas.
Isso aconteceu também com os peregrinos que partiram do Brasil. Segundo informações, a operadora Obra de Maria foi a que levou o maior número de passageiros. A empresa aérea escolhida foi a Air Europa.
Outras empresas aéreas, como Tap, Ibéria, Alitalia, Lufthansa, KLM e Latam também transportaram diversos grupos.
Tanto grandes operadoras, como a CVC e a Flytour, como outras operadoras de menor porte, como a Domus Viagens, cujo foco é em viagens religiosas levaram muitos passageiros.
 

Jornada Mundial da Juventude

Além da programação oficial, a Jornada Mundial da Juventude abrange um grande número de eventos paralelos, como por exemplo a instalação de um enorme painel com a imagem de Jesus Misericordioso junto ao Santuário da Divina Misericórdia.
 

Painel Jesus misericordioso - Cracóvia - JMJ 2016
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

O painel de Jesus Misericordioso é inaugurado em Cracóvia

 
O painel de 6 metros de altura foi produzido a partir da junção de 15 mil fotos enviadas por jovens do mundo todo, que atenderam ao apelo dos organizadores da JMJ nas redes sociais.
O evento vai até o dia 31 e Pedro Kempe, nosso correspondente especial, está em Cracóvia estará acompanhando toda a programação.
Além de nosso correspondente especial, Pedro é Diretor da Domus Viagens, operadora especializada em turismo religioso e irá oferecer visões tanto do lado profissional quanto do dos participantes em geral.