Imagem original de Nossa Senhora Achiropita, na Itália
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Imagem original de Nossa Senhora Achiropita, na parede da igreja da Itália

 
Começa hoje em São Paulo a 88ª edição da tradicional festa de Nossa Senhora Achiropita, a maior de todas as festas promovidas por paróquias na capital paulista. Até o dia 3 de setembro, centenas de milhares de visitantes de todo o estado estarão congestionando as ruas do Bixiga, nome popular do bairro italiano de São Paulo, a Bela Vista.
Essa é também a mais tradicional festa italiana da cidade, reunindo mais de 950 voluntários durante os finais de semana de agosto para preparar os tradicionais pratos da colônia italiana e atender os visitantes em trinta barracas espalhadas por três ruas do bairro. Todo o dinheiro arrecadado é revertido para as obras sociais da paróquia, que faz um amplo trabalho assistencial.
A festa atrai quase 300 mil pessoas, que consomem toneladas de pratos típicos, como  peperonne (pimentão) ao forno, melanzana (beringela) ao forno, focazzas, penne e spaguetti à d’Achiropita, além dos tradicionais doces italianos. Para que se tenha uma idéia do apetite dos visitantes, em uma única noite são consumidas 12 mil fogazzas.
Tradição
Imagem de Nossa Senhora Achiropita
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Imagem de Nossa Senhora Achiropita

A festa é uma homenagem da comunidade italiana à padroeira do bairro, Nossa Senhora Achiropita. Ela começou com a chegada dos primeiros grupos de imigrantes italianos a São Paulo no início do século passado. Sem recursos, eles acabaram se concentrando no bairro do Bixiga, área de moradias baratas na época.
Com esses imigrantes veio uma imagem, que começou a ser venerada pelos fiéis em 1908 numa casa do bairro. Depois, foi construído um altar de madeira na rua de terra batida, onde era colocada a imagem da santa e nos dias 13,14 e 15 de agosto eram celebradas missas e iniciadas as festas de N. Sra Achiropita, com o objetivo de comprar um terreno para construir uma capela. E o lugar escolhido foi o da atual igreja.
Com o crescimento da popularidade, a capelinha ficou pequena e a festa foi a solução encontrada para arrecadar recursos para construir uma igreja grande. Na época, a festa incluía barracas com sorteios de prendas, leilões sobre carroças, um pau de sebo e até uma animada banda dos Bersaglieri, vinda da Itália.
A procissão levava as imagens de Nossa Senhora Achiropita e Nossa Senhora da Ripalta pelas ruas do bairro. As famílias enfeitavam as sacadas das casas do percurso com colchas e toalhas, penduravam fitas nas mãos da imagem e faziam suas doações para as obras.
 
Serviço
88a Festa de Nossa Senhora Achiropita
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

 
Festa de Nossa Senhora Achiropita
Dias e horários: sábados das 18h às 24h e Domingos das 17:30h às 22:30h
Procissão de Nossa Senhora Achiropita – Domingo, dia 17 de Agosto, às 15h. Saída em frente a igreja (Rua Treze de Maio, 478 – Bela Vista )
Telefone para informações:  (11) 3106-7235