Berlinda com imagem de Nossa Senhora de Nazaré em frente do Santuário Basílica em Belém
  • Pinterest

Berlinda com imagem de Nossa Senhora de Nazaré em frente do Santuário Basílica, em Belém

 
Um dos mais importantes eventos de turismo religioso do País, o Círio de Nazaré tradicionalmente é um dos mais estudados e estruturados, graças ao trabalho da Secretaria de Turismo do Pará e do Dieese Pará.
Exemplo de transparência, o evento tem seus dados apresentados publicamente antes de todas as edições, como aconteceu esta semana, a pouco mais de um mês da realização da edição de 2016 da tradicional festa, que este ano terá seu ápice no dia 9 de outubro.
Em evento realizado no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, o secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes,  e o coordenador do Dieese Pará, Roberto Sena, apresentaram os dados referentes aos turistas que participaram do Círio de Nazaré de 2015.

Principais estados emissores para o Círio de Nazaré

Segundo o levantamento do Dieese, os estados que mais enviaram visitantes para o Círio de 2015 foram o Maranhão, com 15,7%; Ceará, com 13,6%; Rio de Janeiro, com 11,6%; Amazonas, com 9,4%; Bahia, com 7,1%; Distrito Federal, com 6,7%; São Paulo, com 6,1% e Amapá, com 5,5%.
Os visitantes vindos de Pernambuco representaram 2,4% do total, os do Rio Grande do Norte, 2,4%; os do Rio Grande do Sul,  2,0%; os de Minas Gerais, 1,8% e os demais estados somaram 13,9%.
No total, 83 mil visitantes foram para o Pará para participar do Círio de Nazaré em 2015. Este ano são esperados 80,5 mil visitantes, que deverão deixar U$ 30,5 milhões no estado. Ao todo, dois milhões de romeiros devem participar do Círio deste ano.
Segundo o estudo do Dieese, os pontos turísticos que mais atraem os visitantes são a Basílica de Nazaré, a Estação das Docas, o Mercado de Ver-o-Peso, o Mangal das Garças, o Portal Amazônia, o Museu de Arte Sacra, o Polo Joalheiro, o Museu Paraense Emilio Goeldi e o Hangar Convenções e Feiras da Amazônia.
Durante o evento, Adenauer Góes fez questão de citar a Imprensa, que a cada ano inova mais para apresentar o Pará como A Obra-Prima da Amazônia.

LEIA TAMBÉM  Conheça os horários de ônibus entre o aeroporto de Guarulhos e Aparecida e vice-versa