Rota da Fé chega aos 12 anos unindo romaria à pé, família, oração e reflexão

logomarca e slogan da romaria Rota da Fé, do Paraná

No próximo dia 7 de Setembro, poucos dias antes de completar doze anos, a romaria Rota da Fé chega à sua 58ª edição,

A Rota da Fé é um movimento inter-religioso caracterizado como uma romaria, com objetivo de visitar lugares considerados sagrados, promovendo contatos com diferentes culturas, costumes e artesanato locais, bem como a gastronomia das comunidades por onde passa, sem deixar de lado o contato direto com a natureza.

A primeira Rota da Fé foi realizada no dia 10 de Outubro 2007, com apenas 78 participantes. depois de ter sido lançada durante o primeiro Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável.

A Rota da Fé hoje

 

Peregrinos percorrem a Rota da Fé, no Paraná - divulgação

Peregrinos percorrem a Rota da Fé, no Paraná

Doze anos depois, cada romaria da Rota da Fé reúne uma média de 600 peregrinos, além de uma equipe de organização que inclui cinco enfermeiros e cerca de 30 pessoas entre monitores (cada ônibus tem 1 ou 2 monitores), grupo de cântico e apoio.

Além disso, em cada ponto de parada existe uma equipe de apoio da comunidade local, responsável por atividades como acolhida, informações, banheiros, ambulância e venda de artesanato e produtos de agricultura familiar.

Cada edição da romaria acontece a cada dois meses, partindo da Catedral de São José, em Campo Mourão, no Paraná, e visitando lugares considerados sagrados de dois municípios da região.

Romeiros chegam a igreja durante a romaria Rota de Fé, no Paraná

Cada romaria dura um dia, com quatro trechos de caminhada de cerca de 3 quilômetros cada um. Em média, são feias cinco paradas para orações, reflexões e motivação, conteúdo de grande importância na Rota da Fé.

Em cada ponto de parada, a comunidade local acolhe e da um breve histórico da comunidade, e em seguida pessoas da equipe de organização conduzem uma reflexão ou dinâmica.

No total, o roteiro chega a ter até 100 quilômetros, percorridos à pé e de ônibus, movimentando centenas de pessoas direta e indiretamente, envolvendo apoio das prefeituras, empresas, entidades, instituições públicas e mistas, bem como da Diocese de Campo Mourão.

A participação em cada romaria é aberta a todos e custa 45 reais, valor que abrange transporte, seguro, alimentação, água e frutas. Adolescentes pagam 20 reais e crianças ou pessoas com deficiência são convidados da organização, com direito a mais um acompanhante.

Objetivo da Rota da Fé: família em primeiro lugar

Famílias participam da romaria Rota da Fé, no Paraná

 

A idéia da Rota da Fé nasceu de uma equipe de leigos da Diocese de Campo Mourão, implantada com a metodologia desenvolvida por Ruben Orlando Moyano, a partir da necessidade de criação de uma atividade que envolvesse toda a família dos participantes.

“Tínhamos que procurar um motivo para que toda a família fosse”, explica Ruben Moyano.

“A característica do ser humano é ser família, e a família é o lugar onde nós encontramos sentido para a vida. Partindo da necessidade de integrar as famílias, o objetivo principal de cada romaria é de reintegrar os valores e vínculos familiares”, continua.

“E isso é feito passando o dia juntos, compartilhando caminhadas, orações, reflexões, motivação, conscientização e participando de atividades de preservação do meio ambiente, sem jogar lixo na rua e com ações com o plantio de árvores e a soltura de peixes”, complementa.

Deficientes participam da romaria Rotas da Fé, no Paraná

“O ser humano precisa descobrir as coisas simples e naturais da vida, recuperar a solidariedade como valor a ser vivido, valorizando as coisas simples e naturais, como pedir a bênção, olhar os olhos e dar um abraço”, justifica.

“O que torna o ser humano diferente é a sua essência, que precisa ser cuidada, compreendida e amada. Por isso a Rota da Fé escolheu como Lema “Caminho, Verdade e Vida”, pois quem escolhe o caminho de Jesus jamais se equivocará. Precisamos fazer brotar nos nossos corações a criança, a emoção, a expectativa, a alegria e a felicidade”, explica.

Participantes da romaria Rotas da Fé, no Paraná

“A Rota da Fé se propões a resgatar valores humanos e culturais, conhecendo os atrativos religiosos e naturais da região por onde passa. Os peregrinos vão para fazer turismo, para pedir bênçãos e graças e também para agradecer. A cada edição vemos renascer neles a expectativa, a esperança, a alegria, a felicidade e a cura”, finaliza Ruben Moyano.

Leia também:

 

Compartilhe

Notícias recentes

Congresso Internacional de Turismo Religioso começa hoje no Uruguai

Congresso Internacional de Turismo Religioso começa hoje no Uruguai

Começa hoje a 17ª edição do Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, que continua… Continue lendo

JMJ Lisboa 2023 volta a ser destaque nos Workshops de Turismo Religioso de Fátima

JMJ Lisboa 2023 volta a ser destaque nos Workshops de Turismo Religioso de Fátima

De longe o mais significativo evento católico, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023… Continue lendo

Congresso Internacional de Turismo Religioso tem inscrições gratuitas até 19/5

Congresso Internacional de Turismo Religioso tem inscrições gratuitas até 19/5

O Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, que acontece de 9 a 11 de… Continue lendo

Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável chega ao Uruguai

Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável chega ao Uruguai

A  cidade de Paysandú, no Uruguai, será a sede da 17ª edição do consagrado Congresso… Continue lendo

Rota das Catedrais mostra que turismo religioso pode ser feito de bicicleta

Rota das Catedrais mostra que turismo religioso pode ser feito de bicicleta

Dá pra se fazer turismo religioso de bicicleta? Há vários exemplos que mostram que sim,… Continue lendo

Jordânia é o Destino Convidado dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso

Jordânia é o Destino Convidado dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso

A Jordânia, destino de turismo religioso que foi palco de muitas das passagens que constam… Continue lendo

Pin It on Pinterest

Share This