page contents

Divino Pai Eterno, uma história de muita fé e devoção

Com devoção, milhões de romeiros percorrem à pé a distância entre Goiânia e o Santuário do Divino Pai Eterno, em Trindade - divulgação CRER

Milhões de romeiros percorrem à pé a distância entre Goiânia e o Santuário do Divino Pai Eterno


A partir da o próximo dia 22 de junho, cerca de três milhões de romeiros vindos de todos os pontos do Brasil se deslocarão até a cidade goiana de Trindade, na região metropolitana de Goiânia, para participar da tradicional Romaria do Divino Pai Eterno, que é um dos maiores eventos de turismo religioso do Brasil.

Graças aos meios de comunicação e de um intenso trabalho de divulgação realizado sobretudo pelos missionários redentoristas, a devoção que teve origem no antigo arraial de Barro Preto, hoje Trindade, se espalhou por todo o país e transformou a cidade goiana no segundo destino de viagens religiosas mais visitado no Brasil, logo depois de Aparecida.

A devoção ao Divino Pai Eterno


Monumento em Trindade lembra Constantino Xavier e Ana Rosa, que encontraram o medalhão que deu início à devoção ao Divino Pai Eterno - Viagens de Fé

Monumento em Trindade lembra Constantino Xavier e Ana Rosa, que encontraram o medalhão


A devoção ao Divino Pai Eterno teve início por volta do ano de 1840, quando o casal Constantino e Ana Rosa Xavier preparava a terra junto ao córrego do Barro Preto para a lavoura.
Ao remexer o solo com a enxada, Constantino encontrou enterrado no solo um medalhão formato ovalado, feito em terracota, decorado em alto relevo com a imagem da Santíssima Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo – coroando Nossa Senhora.

Vitral do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno em Trindade, Goiás, remete ao ao encontro do medalhão que deu início à devoção - Viagens de Fé

Vitral no Santuário Basílica do Divino Pai Eterno remete ao encontro do medalhão


Constantino guardou o medalhão e o levou para casa, onde o mostrou para sua esposa. O casal entendeu que o encontro do medalhão era um sinal divino e tratou de preparar para ele um altar em sua casa, onde passaram a fazer orações que logo atrairam sua família e vizinhos.
Conforme o tempo passava, a devoção ia crescendo e mais pessoas se deslocavam até o arraial de Barro Preto para fazer pedidos e agradecer pelas graças recebidas.
Começaram a acontecer relatos de milagres, cuja divulgação boca-a-boca ajudou a aumentar ainda mais a quantidade de romeiros.

Recruiação do medalhão do Divino Pai Eterno - reprodução

Recriação do medalhão do Divino Pai Eterno


Imagem original do Divino Pai Eterno criada por Veiga Valle - Viagens de Fé

Imagem original do Divino Pai Eterno criada por Veiga Valle

Cerca de dois anos após o início das orações em torno do medalhão, Constantino se dirigiu a Pirenópolis, a mais de 120 km de distância, para pedir que o mais conhecido artista plástico goiano da época, Veiga Valle, fizesse uma réplica do medalhão em tamanho maior.
Em vez disso, o artista achou melhor fazer uma imagem maior esculpida em madeira, com cerca de 30 centímetros de altura, mostrando a Santíssima Trindade coroando Maria.
Como não tinha dinheiro suficiente para pagar pelo trabalho do artista, Constantino teve de deixar o seu cavalo e fazer o caminho de volta a pé, levando a imagem, que acabou substituindo o medalhão como objeto da devoção ao Divino Pai Eterno.
Desde então, a fé e a devoção no Divino Pai Eterno só cresceram, dando origem à Romaria do Divino Pai Eterno e levando milhões de pessoas a visitarem Trindade a cada ano e transformando a cidade na Capital da Fé de Goiás.

Compartilhe

Matérias recentes

Falta uma semana para 6a Romaria de Profissionais de Turismo em Aparecida

Falta uma semana para 6a Romaria de Profissionais de Turismo em Aparecida

  Falta só uma semana para o início da sexta edição da Romaria Nacional dos Profissionais de Turismo a Aparecida,… Continue lendo

20 de setembro de 2019
Canonização de Irmã Dulce deve dar novo impulso ao turismo religioso na Bahia

Canonização de Irmã Dulce deve dar novo impulso ao turismo religioso na Bahia

  No próximo dia 13 de outubro, Irmã Dulce deixa de ser beata e passa a ser reconhecida como santa… Continue lendo

13 de setembro de 2019
Fórum de Turismo e Espiritualidade acontece no dia 18 em São Paulo

Fórum de Turismo e Espiritualidade acontece no dia 18 em São Paulo

Um novo evento focado no turismo religioso e espiritual promete ser o foco das atenções dos profissionais do segmento na… Continue lendo

11 de setembro de 2019
Aparecida ganha ônibus turístico entre o Santuário Nacional e o de Frei Galvão. em Guaratinguetá

Aparecida ganha ônibus turístico entre o Santuário Nacional e o de Frei Galvão. em Guaratinguetá

  A partir de agora quem visita Aparecida passa a contar com mais uma opção para conhecer os principais pontos… Continue lendo

10 de setembro de 2019
Aparecida deve receber 300 mil devotos durante o feriado da Independência

Aparecida deve receber 300 mil devotos durante o feriado da Independência

  Último feriado nacional antes das comemorações da Padroeira do Brasil, em 12 de outubro, o feriado da Independência deve… Continue lendo

6 de setembro de 2019
Rota da Luz: saiba onde carimbar o seu passaporte eletrônico

Rota da Luz: saiba onde carimbar o seu passaporte eletrônico

  Quem vai fazer a peregrinação à pé até Aparecida pela Rota da Luz SP e deseja ter um comprovante… Continue lendo

6 de setembro de 2019