Destaques

Canguaretama lembra os 376 anos do massacre dos Mártires de Cunhaú

Há 376 anos atrás aconteceu no Rio Grande do Norte um massacre envolvendo forças invasoras holandesas que vitimou dezenas de brasileiros que participavam de uma Missa em uma capela.

No dia 16 de julho de 1645, um domingo, soldados holandeses e seus aliados índígenas surpreenderam 70 fiéis que participavam da Missa em honra a Nossa Senhora do Carmo, celebrada pelo padre André de Soveral na Capela de Nossa Senhora das Candeias, localizada no Engenho Cunhaú, no território da atual cidade de Canguaretama.

Os invasores queriam que os brasileiros, se convertessem à religião calvinista e ante à recusa do sacerdote e da sua congregação, os massacram, tendo a imagem de Nossa Senhora das Candeias como testemunha.

Imagem de Nossa Senhora das Candeias, testemunha do Massacre de Cunhaú

Detalhe da imagem de Nossa Senhora das Candeias, testemunha do Massacre de Cunhaú

Esses homens, mulheres, jovens e crianças passaram a ser conhecidos como os Mártires de Cunhaú.

Três meses mais tarde, as forças invasoras massacraram dentro de outra capela mais um grupo de brasileiros e seu sacerdote, na comunidade de Uruaçú, no atual município de São Gonçalo do Amarante, vizinho a Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Pela sua defesa heróica da fé, trinta dos mártires, entre eles os padres André de Soveral e Ambrósio Francisco Ferro e o leigo Mateus Moreira, foram canonizados pelo Papa Francisco 2017, passando a ser celebrados como os Santos Mártires de Cunhaú e Uruassú.

Mártires de Cunhaú e Uruassú

Mártires de Cunhaú e Uruassú

Em Canguaretama, a 78 km, de distância da capital do estado, a Capela de Nossa Senhora das Candeias, local do primeiro massacre, se tornou um ponto de peregrinação e agora é o ponto de partida do Roteiro Caminho dos Santos Mártires do Brasil, a mais recente atração de turismo religioso do Rio Grande do Norte.

A cidade também relembra a data com a realização de um novenário, com procissões luminosas e celebrações eucarísticas junto à antiga capela, cujas paredes ainda guardam marcas das balas que atingiram os mártires..

A programação pode ser acompanhada através do YouTube no perfil da TV Rainha dos Mártires

Leia também:

Caminho dos Santos Mártires é novidade no turismo religioso

 

Compartilhe

Notícias recentes

Congresso Internacional de Turismo Religioso começa hoje no Uruguai

Congresso Internacional de Turismo Religioso começa hoje no Uruguai

Começa hoje a 17ª edição do Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, que continua… Continue lendo

JMJ Lisboa 2023 volta a ser destaque nos Workshops de Turismo Religioso de Fátima

JMJ Lisboa 2023 volta a ser destaque nos Workshops de Turismo Religioso de Fátima

De longe o mais significativo evento católico, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023… Continue lendo

Congresso Internacional de Turismo Religioso tem inscrições gratuitas até 19/5

Congresso Internacional de Turismo Religioso tem inscrições gratuitas até 19/5

O Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, que acontece de 9 a 11 de… Continue lendo

Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável chega ao Uruguai

Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável chega ao Uruguai

A  cidade de Paysandú, no Uruguai, será a sede da 17ª edição do consagrado Congresso… Continue lendo

Rota das Catedrais mostra que turismo religioso pode ser feito de bicicleta

Rota das Catedrais mostra que turismo religioso pode ser feito de bicicleta

Dá pra se fazer turismo religioso de bicicleta? Há vários exemplos que mostram que sim,… Continue lendo

Jordânia é o Destino Convidado dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso

Jordânia é o Destino Convidado dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso

A Jordânia, destino de turismo religioso que foi palco de muitas das passagens que constam… Continue lendo

Pin It on Pinterest

Share This