Destaques

Caminho dos Santos Mártires é novidade no turismo religioso

Nem a maior crise já enfrentada pelo turismo em todo o mundo impede a criação de novos produtos de turismo religioso.

Em plena pandemia, três municípios do Rio Grande do Norte se uniram para criar o Caminho dos Santos Mártires, rota de turismo religioso que une Canguaretama a São Gonçalo do Amarante, onde ocorreram os massacres de Cunhaú e Uruaçu, respectivamente.

Os chamados Santos Mártires eram religiosos e moradores das duas cidades assassinados por tropas holandesas no ano de 1645, após se recusarem a abandonar o catolicismo.

Os 30 mártires (25 homens e 5 mulheres) foram beatificados pelo Papa João Paulo II em 5 de março de 2000 e canonizados pelo Papa Francisco em em 15 de outubro de 2017 e desde então são considerados santos.

O Caminho dos Santos Mártires

Criado tendo como inspiração o tradicional Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, o roteiro Caminho dos Santos Mártires do Brasil utiliza o mesmo sistema de credencial que os peregrinos devem apresentar para receber o carimbo de validação em cada etapa do percurso e certificado de conclusão.

Capela Nossa Senhora das Candeias, local do primeiro massacre

O percurso de quatro dias começa a 78 quilômetros de Natal, em Canguaretama, no Litoral Sul do Rio Grande do Norte, onde fica a Capela Nossa Senhora das Candeias, local no qual ocorreu o Massacre de Cunhaú.

De lá os peregrinos seguem em direção Norte até Nísia Floresta, cidade litorânea a 41 quilômetros de Natal.

No terceiro dia continuam até chegarem a Natal, Capital do Rio Grande do Norte, onde circuitos de turismo religioso permitem conhecer os destaques do patrimônio religioso da cidade.

E no quarto e último dia, chegam a São Gonçalo do Amarante, cidade vizinha a Natal, onde ocorreu o segundo massacre, lembrado pelo Monumento dos Santos Mártires. 

Divulgação para profissionais

Monumento aos Mártires, em São Gonçalo do Amarante

O novo produto turístico foi estruturado observando o mais estrito profissionalismo, de forma a incluir guias de turismo e empresas de turismo receptivo para garantirem que os peregrinos possam absorver nos quatro dias da jornada toda a riqueza do significado dos massacres e conhecer os destaques do patrimõnio histórico e religioso das cidades visitadas.

De acordo com o coordenador e elaborador do projeto, Manoel Sidnésio Gomes e Moura, antes de ser oficialmente lançado para o público o Caminho dos Santos Mártires do Brasil será apresentado em tours de familiarização (“famtours“) para os guias de turismo do estado (dias 15 e 16 de junho) e profissionais de agências de turismo (de 25 a 27 de junho). 

Segundo Sidnésio, mesmo em meio à pandemia este é um momento oportuno para preparar e divulgar o Caminho dos Santos Mártires do Brasil, “um roteiro inovador, que une o Turismo Religioso aos demais segmentos do Turismo”.

“Sabemos que no período pós-pandemia, vamos receber um perfil de turista em busca do turismo de experiência e o Caminho dos Santos Mártires oferece uma busca espiritual com a experiência da cultura regional”, continua.

Serviço

Roteiro: Caminho dos Santos Mártires do Brasil
Duração: Quatro dias
Pernoites: Em Canguaretama, Nísia Floresta e Natal
Etapas: Canguaretama, Nísia Floresta, Natal e São Gonçalo do Amarante, todas no Rio Grande do Norte

 

Receba grátis as nossas novidades!

Receba gratuitamente por e-mail todas as nossas reportagens e artigos mais recentes.

Para se cadastrar, basta digitar abaixo o seu nome e o seu endereço de e-mail.

Obrigado! O seus dados foram cadastrados com sucesso,. Em breve você começará a receber as nossas atualizações.

Compartilhe

Notícias recentes

Fórum Paranaense de Turismo Religioso chega à sua quarta edição

O Fórum Paranaense de Turismo Religioso, importante evento regional, chega nos dias 12 e 13… Continue lendo

Peregrinando à pé pelos caminhos trilhados por Santa Maria Madalena

Peregrinar à pé pelas belas paisagens da França é uma prática que já tem centenas… Continue lendo

Especialista fala das perspectivas de recuperação do turismo religioso

A pandemia de Covid-19 foi a crise mais grave e longa que o mercado turístico… Continue lendo

Santuário de Fátima volta a oferecer retiros presenciais

O Santuário de Fátima, em Portugal, aos poucos está retomando as suas atividades com a… Continue lendo

Fórum de Turismo Religioso do Seridó destaca o turismo regional

Aproveitando a tradicional Festa de Sant’Ana, a cidade de Caicó, no Rio Grande do Norte,… Continue lendo

Canção Nova reabre para o público

A sede da comunidade católica Canção Nova, em Cachoeira Paulista, no estado de São Paulo,… Continue lendo