Destaques

Caminho dos Santos Mártires é novidade no turismo religioso

Nem a maior crise já enfrentada pelo turismo em todo o mundo impede a criação de novos produtos de turismo religioso.

Em plena pandemia, três municípios do Rio Grande do Norte se uniram para criar o Caminho dos Santos Mártires, rota de turismo religioso que une Canguaretama a São Gonçalo do Amarante, onde ocorreram os massacres de Cunhaú e Uruaçu, respectivamente.

Os chamados Santos Mártires eram religiosos e moradores das duas cidades assassinados por tropas holandesas no ano de 1645, após se recusarem a abandonar o catolicismo.

Os 30 mártires (25 homens e 5 mulheres) foram beatificados pelo Papa João Paulo II em 5 de março de 2000 e canonizados pelo Papa Francisco em em 15 de outubro de 2017 e desde então são considerados santos.

O Caminho dos Santos Mártires

Criado tendo como inspiração o tradicional Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, o roteiro Caminho dos Santos Mártires do Brasil utiliza o mesmo sistema de credencial que os peregrinos devem apresentar para receber o carimbo de validação em cada etapa do percurso e certificado de conclusão.

Capela Nossa Senhora das Candeias, local do primeiro massacre

O percurso de quatro dias começa a 78 quilômetros de Natal, em Canguaretama, no Litoral Sul do Rio Grande do Norte, onde fica a Capela Nossa Senhora das Candeias, local no qual ocorreu o Massacre de Cunhaú.

De lá os peregrinos seguem em direção Norte até Nísia Floresta, cidade litorânea a 41 quilômetros de Natal.

No terceiro dia continuam até chegarem a Natal, Capital do Rio Grande do Norte, onde circuitos de turismo religioso permitem conhecer os destaques do patrimônio religioso da cidade.

E no quarto e último dia, chegam a São Gonçalo do Amarante, cidade vizinha a Natal, onde ocorreu o segundo massacre, lembrado pelo Monumento dos Santos Mártires. 

Divulgação para profissionais

Monumento aos Mártires, em São Gonçalo do Amarante

O novo produto turístico foi estruturado observando o mais estrito profissionalismo, de forma a incluir guias de turismo e empresas de turismo receptivo para garantirem que os peregrinos possam absorver nos quatro dias da jornada toda a riqueza do significado dos massacres e conhecer os destaques do patrimõnio histórico e religioso das cidades visitadas.

De acordo com o coordenador e elaborador do projeto, Manoel Sidnésio Gomes e Moura, antes de ser oficialmente lançado para o público o Caminho dos Santos Mártires do Brasil será apresentado em tours de familiarização (“famtours“) para os guias de turismo do estado (dias 15 e 16 de junho) e profissionais de agências de turismo (de 25 a 27 de junho). 

Segundo Sidnésio, mesmo em meio à pandemia este é um momento oportuno para preparar e divulgar o Caminho dos Santos Mártires do Brasil, “um roteiro inovador, que une o Turismo Religioso aos demais segmentos do Turismo”.

“Sabemos que no período pós-pandemia, vamos receber um perfil de turista em busca do turismo de experiência e o Caminho dos Santos Mártires oferece uma busca espiritual com a experiência da cultura regional”, continua.

Serviço

Roteiro: Caminho dos Santos Mártires do Brasil
Duração: Quatro dias
Pernoites: Em Canguaretama, Nísia Floresta e Natal
Etapas: Canguaretama, Nísia Floresta, Natal e São Gonçalo do Amarante, todas no Rio Grande do Norte

 

Receba grátis as nossas novidades!

Receba gratuitamente por e-mail todas as nossas reportagens e artigos mais recentes.

Para se cadastrar, basta digitar abaixo o seu nome e o seu endereço de e-mail.

Obrigado! O seus dados foram cadastrados com sucesso,. Em breve você começará a receber as nossas atualizações.

Compartilhe

Notícias recentes

JMJ Lisboa 2023 volta a ser destaque nos Workshops de Turismo Religioso de Fátima

De longe o mais significativo evento católico, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023… Continue lendo

Congresso Internacional de Turismo Religioso tem inscrições gratuitas até 19/5

O Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, que acontece de 9 a 11 de… Continue lendo

Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável chega ao Uruguai

A  cidade de Paysandú, no Uruguai, será a sede da 17ª edição do consagrado Congresso… Continue lendo

Rota das Catedrais mostra que turismo religioso pode ser feito de bicicleta

Dá pra se fazer turismo religioso de bicicleta? Há vários exemplos que mostram que sim,… Continue lendo

Jordânia é o Destino Convidado dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso

A Jordânia, destino de turismo religioso que foi palco de muitas das passagens que constam… Continue lendo

Salvador melhora acolhimento a turistas com sinalização de atrativos de turismo religioso

A Secretária de Turismo do Estado da Bahia, atendendo ao apelo da Pastoral do Turismo… Continue lendo