Destaques

Basílica Velha de Aparecida comemora 40 anos de tombamento

A Basílica Velha de Aparecida, também conhecida como Basílica Histórica, completou em abril de 2022 quatro décadas de tombamento e é um dos locais mais visitados pelos milhões de devotos que visitam Aparecida a cada ano.

Reconhecendo a Basílica como um edifício tradicional de devoção intimamente ligada à história e a cultura religiosa do povo brasileiro, o tombamento foi feito pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT).

Primeira Basílica do Brasil

 

Interior da Basílica Velha de Aparecida

 

A Basílica Velha foi a primeira igreja no Brasil a receber o título de Basílica Menor, concedido em 29 de abril de 1908 pelo Papa Pio X, atendendo um pedido feito pelos bispos brasileiros.

A oficialização como Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi feita no no dia 05 de setembro de 1909, em cerimônia presidida por Dom Duarte Leopoldo e Silva, arcebispo de São Paulo na época.

Como presente pela nomeação, o Papa enviou à nova Basílica fragmentos dos ossos de São Vicente, mártir espanhol do século IV, bem como uma pedra com seu sangue.

O título de Basílica Menor pode ser concedido apenas pelo Papa, em reconhecimento ao nível de importância que aquela igreja possui para a região em que ela está situada, à devoção dos fiéis por ela, sua importância histórica ou pela beleza de sua arquitetura e decoração.

Inaugurado em 24 de junho de 1888 como Igreja de Monte Carmelo, templo abrigou a imagem original de Nossa Senhora Aparecida até o dia 3 de outubro de 1982, quando ela foi transladada para o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, onde continua até hoje. A imagem original foi substituída por uma reprodução fiel.

Depois do tombamento, a Basílica Velha teve o seu interior e exterior cuidadosamente restaurados às suas condições originais, num trabalho que foi iniciado em 2004 e só foi concluído em 2015, 11 anos depois.

Funcionamento da Basílica Velha

 

Imagem de Nossa Senhora Aparecida no altar-mor da Basílica Velha

 

Aberta diariamente à visitação dos devotos, a Basílica Velha  fica aberta todos os dias para que os peregrinos possam visitá-la.

De segunda a sexta-feira, a programação oferece Plantão de Bênçãos das 9h00 às 11h00 e das 14h00 às 17h00, Consagração a Nossa Senhora Aparecida às 15h00 e Missas às 8h00 e 18h00.

Aos sábados e domingos, não é oferecida a Consagração a Nossa Senhora Aparecida e o Plantão de Bênçãos vai das 8h00 às 11h00 e das 14h00 às 17h00, com celebração de Missas às 9h00, 15h00 e 19h00.

 

Compartilhe

Notícias recentes

Canela se prepara para a 64a Romaria e Festa de Nossa Senhora de Caravaggio

A tradicional Romaria e Festa em honra a Nossa Senhora de Caravaggio, em Canela, na… Continue lendo

Criada a Rota Turística do Caminho das Missões, no Rio Grande do Sul

A Rota Turística do Caminho das Missões, no noroeste do estado do Rio Grande do… Continue lendo

Destinos de turismo religioso marcam presença na feira WTM Latin America

A tradicional feira de turismo WTM-LA, World Travel Market Latin America voltou a receber alguns… Continue lendo

Santuário de Aparecida inaugura Fachada Sul em maio

Continuando com o projeto de decoração de suas fachadas, o Santuário Nacional de Nossa Senhora… Continue lendo

Bento Gonçalves lança Rota dos Capitéis, roteiro integrado de turismo religioso

O Rio Grande do Sul deve ganhar uma interessante novidade em turismo religioso, a Rota… Continue lendo

Jordânia foi destino de turismo religioso em destaque na feira WTM

A Jordânia, um destino de turismo religioso que está sendo cada vez mais visitado pelos… Continue lendo

Este website usa cookies para garantir que você tenha uma melhor experiência de navegação. Em nenhuma hipótese os dados coletados são compartilhados com terceiros.