Durante a Semana Santa, a celebração da tradicional Via Sacra no Morro do Cruzeiro atrai milhares de romeiros s Aparecida, principal destino de viagens religiosas do Brasil, .

Detalhe da estação da Via Sacra no Morro do Cruzeiro, em Aparecida, SP
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Detalhe da estação da Via Sacra no Morro do Cruzeiro,

A Via Sacra, que percorre as 14 estações espalhadas ao longo do percurso de 900 metros,  desde o pé do Morro do Cruzeiro até o alto, onde fica um belo altar adornado com uma escultura do Senhor morto, recorda os últimos momentos da vida de Jesus.

A procissão se inicia às 5h da Sexta-feira Santa e abre as atividades do dia no Santuário Nacional. O silêncio e o respeito são marcas fortes do momento penitencial.

A Sexta-feira Santa em Aparecida
Fiéis percorrem a Via Sacra no Morro do Cruzeiro, em Aparecida - foto Thiago Leon
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Na madrugada da Sexta-feira Santa, milhares de romeiros percorrem a Via Sacra no Morro do Cruzeiro

A Sexta-feira Santa, ou Sexta-feira da Paixão, é um dos pontos altos das celebrações da Semana Santa no mundo todo.  No Santuário Nacional, em Aparecida, não é diferente.

Às cinco horas da manhã, quando o dia ainda não começou a clarear, cerca de cinco mil fiéis se reúnem na entrada do Morro do Cruzeiro para percorrer em oração o caminho de quase um quilômetro da Via-Sacra, enfrentando um desnível de 87 metros.

Muitos carregam velas nas mãos, representando a luz de Cristo, que venceu a escuridão da morte. Outros percorrem  o trajeto descalços, como forma de sacrifício.

A caminhada dura cerca de uma hora e meia, parando a cada uma das estações adornadas com painéis confeccionados em cimento pelo artista Adélio Sarro que relembram a Paixão e Morte de Jesus Cristo.

A caminhada chega ao fim no alto do Morro do Cruzeiro, em frente ao altar e abaixo da uma enorme cruz em aço de 23 metros de altura e 25 toneladas de pêso.

LEIA TAMBÉM:  Visita noturna ao Santuário Nacional é um excelente programa

Via Sacra no Morro do Cruzeiro, uma tradição de fé
Fiéis percorrem a Via Sacra no Morro do Cruzeiro, em Aparecida - foto Thiago Leon
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

A grande cruz marca o final da Via Sacra

As orações e a celebração da Via Sacra no Morro do Cruzeiro são uma das tradições dos romeiros que visitam Aparecida.

A primeira cruz no alto do morro foi fixada em 1925 e, durante a celebração da Semana Santa de 1948, foram inauguradas as capelinhas da Via-Sacra pelo vigário Padre Antônio Pinto de Andrade.

Em 2000, a área foi remodelada, ganhando a forma de hoje e em 2004 foi inaugurado o Bondinho de Aparecida, que leva os romeiros do Santuário Nacional até o alto do Morro do Cruzeiro.

Mirante do Morro do Cruzeiro, ligado por teleférico ao Santuário Nacional de Aparecida
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Mirante do Morro do Cruzeiro

Graças a essa facilidade, que eliminou a necessidade de superar à pé o aclive, grande número de romeiros passou a ir até o alto do morro para apreciar a vista privilegiada de Aparecida e da região durante todo o ano.

Além de um amplo belvedere, o topo do Morro do Cruzeiro tem ainda uma torre de observação dotada de elevadores, uma loja do Santuário, uma lanchonete dotada de mesinhas e guarda-sóis ao ar livre e sanitários.

LEIA TAMBÉM:  Visitas virtuais a Aparecida: Basílica Velha e Passarela da Fé
LEIA TAMBÉM:  Visitas virtuais em Aparecida: Capelas das Velas, do Batismo e da Ressurreição
LEIA TAMBÉM:  Faça uma visita virtual ao Santuário de Aparecida