Com o início do período de maior visitação a alguns dos principais destinos de turismo religioso do Brasil as autoridades começam a implantar medidas para a proteção dos romeiros e turistas.

É o caso de Aparecida, Guaratinguetá e Cachoeira Paulista, cidades abrangidas no período de 6 de setembro a 13 de dezembro pela já tradicional Operação Romeiro da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Operação Romeiro

A Operação Romeiro abrange o aumento do efetivo de policiais militares na região de modo a proporcionar mais segurança nesse período de maior fluxo de turistas, prevenir a ocorrência de aglomerações e a intensificação do cumprimento das regras sanitárias de distanciamento social e de uso de máscara de proteção por visitantes e moradores.

Também estarão envolvidos na operação a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a Polícia Ambiental, o Corpo de Bombeiros e o Grupamento Aéreo de Policiamento de São José dos Campos.

A Polícia Militar do Estado de São Paulo orienta os que, apesar da epidemia de coronavírus, insistirem a ir a Aparecida, à Canção Nova e outros destinos de turismo religioso da região a também tomarem cuidados com outros pontos importantes:

• Reforçar a hidratação, causa de grande número de ocorrências de mal súbito nesta época; 

• Uso de pulseira com informações para sua identificação, localização do veículo e telefone de contato do responsável por idosos e crianças, para prevenir outro problema frequente, o desencontro de pessoas.

• O cuidado com objetos pessoais  como bolsas, carteiras e celulares, pois oportunistas podem se aproveitar da aglomeração e boa fé dos visitantes para a prática de furtos.

Além da Operação Romeiro, a Nova Dutra e a Polícia Rodoviária Federal, responsável pelo policiamento da Via Dutra (BR-116), também estarão reforçando a atenção e a fiscalização em função do maior fluxo de romeiros no período.

LEIA TAMBÉM:  Aparecida começa a liberar o funcionamento de atrações