Destaques

Peregrinando à pé pelos caminhos trilhados por Santa Maria Madalena

Peregrinar à pé pelas belas paisagens da França é uma prática que já tem centenas de anos, principalmente em função do conhecido Caminho de Santiago, cujo “Caminho Francês” é escolhido pela maioria absoluto dos peregrinos com destino a Santiago de Compostela.

Segundo dados do Escritório de Acolhida ao Peregrino da Catedral de Santiago, o Caminho Francês respondeu por nada menos que 56,88% do movimento total registrado no último ano antes do início da pandemia.

Embora esse seja a rota mais tradicional e provavelmente a mais percorrida, a França tem várias outras opções de rotas de peregrinação.

O caminho de Maria Madalena

O Santuário de Notre-Dame-de-la-Mer

A mais recente delas, o Caminho de Maria Madalena, permite retraçar o percurso trilhado por Santa Maria Madalena entre o santuário de Notre-Dame-de-la-Mer (Nossa Senhora do Mar), na cidade de Saintes-Maries-de-la-Mer, e a basílica de Santa Maria Madalena, na cidade de Saint-Maximin-la-Sainte-Baume.

Esse roteiro soma 236 quilômetros, dividido em 10 etapas, que ao longo de 236 quilômetros percorre a paisagem majestosa das regiões de Camargue e Provence.

O caminho de peregrinação provavelmente foi utilizado por Santa Maria Madalena, uma pessoa muito próxima a Jesus Cristo e que depois de sua morte foi a primeira pessoa a vê-Lo, de acordo com as Escrituras.

O que aconteceu depois disso não é muito claro, mas segundo a tradição, alguns dos amigos e discípulos de Jesus  fugiram da perseguição na Terra Santa e acabaram chegando à Europa, mas precisamente na região sul da França.

nterior da Basílica de Santa Maria Madalena em Saint-Maximin

Segundo os relatos da época, depois transmitidos através de inúmeras gerações, Maria Madalena teria chegado de barco a uma pequena cidade à beira-mar, que hoje é chamada Saintes-Maries-de-la-Mer (Santas Marias do Mar).

Depois de evangelizar toda a região, especialmente a cidade de Marselha, ela teria morado em uma gruta no coração de uma montanha próxima, onde teria se dedicado à oração até o final de seus dias. Nesse local hoje está o santuário de Sainte-Baume.

Sua tumba, fica em Saint-Maximin, ao sopé das montanhas de Sainte-Baume e há séculos está sob a custódia dos frades dominicanos.

Os santuários de Saintes-Maries-de-la-Mer e de Saint-Maximin et la Sainte-Baume fazem parte da Associação de Cidades-Santuários da França.

Leia também:

Associação reúne 20 cidades-santuários da França

Mensagem da Virgem Maria ajuda a viver a espiritualidade de Lourdes

 

Receba grátis as nossas novidades!

Receba gratuitamente por e-mail todas as nossas reportagens e artigos mais recentes.

Para se cadastrar, basta digitar abaixo o seu nome e o seu endereço de e-mail.

Obrigado! O seus dados foram cadastrados com sucesso,. Em breve você começará a receber as nossas atualizações.

Compartilhe

Notícias recentes

Congresso Internacional de Turismo Religioso começa nesta quarta-feira

Começa nesta quarta-feira, 22 de setembro, a décima-sexta edição do Congresso Internacional de Turismo Religioso… Continue lendo

Congresso Internacional de Turismo Religioso: participe gratuitamente

A Viagens de Fé está oferecendo uma vantagem exclusiva para os seus leitores: uma inscrição… Continue lendo

Diretora de Turismo de Navarra destaca importância do turismo religioso

Qual é a importância do turismo religioso na Espanha, um dos países mais visitados de… Continue lendo

Canção Nova recebe Encontro anual do “Terço dos Homens”

A comunidade católica Canção Mova, em Cachoeira Paulista, recebe nos dias 10, 11 e 12… Continue lendo

Santuário de Aparecida amplia sua estrutura hoteleira

O Santuário Nacional de Aparecida, que já operava o bem avaliado hotel Rainha do Brasil,… Continue lendo

Festa do Círio de Nazaré volta a ser realizada sem público

Pelo segundo ano seguido a tradicional Festa do Círio de Nazaré, em Belém, será realizada… Continue lendo