Conheça Lisieux, a cidade de Santa Teresinha do Menino Jesus

A França abriga diversos destinos importantes de turismo religioso. Um deles é Lisieux, cidade na região da Normandia onde viveu e morreu Santa Teresinha do Menino Jesus, a santa francesa mais conhecida e venerada no Brasil.

Visitantes do mundo inteiro vão a Lisieux para conhecer os lugares onde jovem santa passou sua curta vida, como a catedral gótica, o Carmelo, a casa da sua infância e a Basílica da cidade.

Construída em sua homenagem, a Basílica abriga belíssimos mosaicos e uma capela dedicada ao Brasil,  testemunho da fé do povo brasileiro em Santa Teresinha e também de seu apoio na construção do prédio.

 

A Lisieux de Santa Teresinha

Altar e mosaico na Basílica de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Lisieux,

Basílica – A Basílica de Lisieux é uma das maiores igrejas do século XX. A sua construção começou em 1929 e a sua consagração se deu em 1954, quase trinta anos mais tarde.

Os seus muros e os da cripta estão cobertos de mosaicos que invocam a mensagem de Santa Teresinha, baseada no amor infinito de Deus.

Sob a sua cúpula encontram-se as relíquias da Santa. Em frente à Basílica, no subsolo, encontra-se o Centro de Acolhimento Pastoral Internacional (CAPI) com um extenso espaço de livraria, exposições e salas de conferências.

Corpo incorrupto de Santa Terezinha do Menino Jesus

Carmelo – O mosteiro carmelita foi fundado em 1838. Foi lá que em 1888, aos quinze anos de idade, a futura Santa Teresinha do Menino Jesus, entrou para a vida religiosa, determinada a seguir uma vida de oração.

Em 1923 a capela do Carmelo foi ampliada para abrigar os restos mortais da religiosa, transferidos do cemitério.

Nela, o corpo incorrupto de Santa Teresinha pode ser visto ainda vestindo o hábito carmelita.

No alto, na frente dos vitrais, a imagem da Virgem do Sorriso, tão querida por Teresa.

Numa sala no exterior estão expostas diversos objetos da Santa.

Catedral de Saint Pierre – De estilo gótico normando do século XII-XIII, este edifício foi a sede de um bispo até a Revolução Francesa. Santa Teresinha participou de missas e orou frequentemente nesta catedral até sua entrada no Carmelo. Junto da entrada, fica a capela onde ela fez a sua primeira comunhão. Ao fundo, uma estátua moderna marca o lugar onde ela participava na missa com a família. O altar-mor foi oferta de seu pai em 1888.

Les Buissonets – A casa para onde a família de Santa Teresinha mudou-se em 1877 , depois da morte da sua mãe, é conhecida como Les Buissonets. Bem conservada, ela está repleta de objetos familiares.

A lareira da cozinha evoca a graça recebida no Natal de 1886. No primeiro andar, o quarto onde a Virgem sorriu para a menina Teresa, curando-a de uma estranha doença.

Em outro cômodo, estão expostas roupas e brinquedos de Teresa.

Santa Teresinha do Menino Jesus

Detalhe do mosaico que decora o interior da cúpula da Basílica de Santa Teresinha do Menino Jesus,

Teresa Martin nasceu na cidade francesa de Alençon no ano de 1873. Aos quinze anos de idade, entrou para o Carmelo de Lisieux, onde faleceu de tuberculose em 30 de Setembro de 1897.

Graças aos seus escritos, publicados depois da sua morte e traduzidos em mais de 60 línguas, ela foi rapidamente conhecida e venerada no mundo inteiro.

Em “História de uma alma”, Teresa expõe o seu “pequeno caminho” de santidade que deve ser vivido não através de grandes sacrifícios, mas por pequenos atos de amor na vida quotidiana.

Em 1925, Teresa foi canonizada e dois anos mais tarde, proclamada Padroeira das Missões. A partir de 1944, ela é venerada como Padroeira Secundária da França. O Papa João Paulo II proclamou-a Doutora da Igreja em 1997.

Mais informações: www.therese-de-lisieux.catholique.fr  e www.br.franceguide.com

 

Receba grátis as nossas novidades!

Receba gratuitamente por e-mail todas as nossas reportagens e artigos mais recentes.

Para se cadastrar, basta digitar abaixo o seu nome e o seu endereço de e-mail.

Obrigado! O seus dados foram cadastrados com sucesso,. Em breve você começará a receber as nossas atualizações.

Compartilhe

Ver comentários

  • Santa Terezinha do Menino Jesus é digna de toda a nossa devoção.
    A leitura da biografia de sua breve vida terrena, renovou a minha fé e esperança. Quanta pureza e generosidade.
    Com fé, um dia estarei diante de seus restos mortais em Lisieux.
    Delza

    • Olá, Delza.
      Muito obrigado pela sua consulta e por ler a Viagens de Fé, a revista eletrônica brasileira sobre viagens religiosas.
      Não, Santa Teresa de Ávila e Santa Teresa do Menino Jesus, mais conhecida no Brasil como Santa Terezinha, não são a mesma pessoa.
      Santa Teresa de Ávila foi uma freira espanhola nascida em Ávila em 1515. Ela fundou a ordem das Carmelitas Descalças e morreu com com 67 anos de idade. Foi canonizada em 1970 e recebeu do Papa Paulo VI o título Doutora da Igreja.
      Santa Terezinha do Menino Jesus foi uma freira francesa da ordem das Carmelitas Descalças nascida em Alençon (ao lado de Lisieux) em 1873 (mais de 350 anos depois de Santa Teresa) e morreu aos 24 anos. Foi canonizada pelo Papa Pio XI em 1925 e recebeu do Papa João Paulo II o título Doutora da Igreja.
      Além das duas terem pertencido à ordem das Carmelitas Descalças e terem recebido o título de Doutoras da Igreja, elas também têm em comum o fato de seus corpos terem se mantido incorruptos depois de suas mortes. Eles podem ser vistos ainda hoje pelos fiéis, em Alba de Tormes, na Espanha (Santa Teresa) e Lisieux (Santa Terezinha).
      Deus a abençoe,
      Amadeu

  • Desde a primeira perca de uma gestação Santa Teresinha me ouve, meu socorro espiritual, sou muito grata.
    Uma chuva de rosas, ó Santa.

  • Muito obrigada por tantas graças recebidas minha querida santinha!! Ainda irei a Lisieux se Deus e a Senhora o permitirem!!

  • Amo Santa Terezinha e vejo como foi linda sua devoção e amor a Jesus Cristo. Ela no deixou e passa para nos o exemplo de fé, caridade e amor a Jesus como gostaria de ver seus restos mortais e ficar um pouco perto dela. Santa Terezinha Rogai por nos.

  • Gostaria saber como posso , ou se há alguma agencia de viagem que disponibilize pacotes de viagens religiosas para a basílica de santa Teresinha Do menino jesus na França. E também para Umbria Norte da Itália santuário de Santa Rita De Cassia.Obrigada.

Notícias recentes

Fórum Paranaense de Turismo Religioso chega à sua quarta edição

O Fórum Paranaense de Turismo Religioso, importante evento regional, chega nos dias 12 e 13… Continue lendo

Peregrinando à pé pelos caminhos trilhados por Santa Maria Madalena

Peregrinar à pé pelas belas paisagens da França é uma prática que já tem centenas… Continue lendo

Especialista fala das perspectivas de recuperação do turismo religioso

A pandemia de Covid-19 foi a crise mais grave e longa que o mercado turístico… Continue lendo

Santuário de Fátima volta a oferecer retiros presenciais

O Santuário de Fátima, em Portugal, aos poucos está retomando as suas atividades com a… Continue lendo

Fórum de Turismo Religioso do Seridó destaca o turismo regional

Aproveitando a tradicional Festa de Sant’Ana, a cidade de Caicó, no Rio Grande do Norte,… Continue lendo

Canção Nova reabre para o público

A sede da comunidade católica Canção Nova, em Cachoeira Paulista, no estado de São Paulo,… Continue lendo