Basílica de Nossa Senhora do Rosário - Santuário de Fátima, Portugal
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Basílica de Nossa Senhora do Rosário, no Santuário de Fátima

 

Principal destino de turismo religioso de Portugal, o Santuário de Fátima, que é o mais visitado da Europa e um dos mais visitados em todo o mundo, recebe cerca de 7 milhões de peregrinos por ano.

Situada a apenas 130 quilômetros de distância de Lisboa, a pequena cidade de Fátima, no município (“concelho“) de Ourém,  é ligada à capital portuguesa pela importante rodovia A1 e pode ser alcançada em cerca de 1h30 de viagem de carro ou de ônibus.

Embora isso permita sair de Lisboa, visitar Fátima e voltar no mesmo dia (o famoso “bate-e-volta”), dedicar apenas um dia para conhecer Fátima é um verdadeiro pecado.

Portanto, se possível, se programe para passar no mínimo dois dias na cidade e conhecer com calma todas as atrações do Santuário de Fátima.

E, se dispuser de mais tempo, vale muito a pena aproveitar a ampla oferta hoteleira de Fátima e usar a cidade como base para explorar as cidades da região, como Ourém, Tomar, Leiria e Batalha, que esbanjam história, cultura, charme e boa comida.

 

As aparições da Virgem Maria 

 

Lúcia de Jesus, Francisco Marto e Jacinta Marto, os três pastorinhos
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Lúcia de Jesus, Francisco Marto e Jacinta Marto, os três pastorinhos

 

Construído na depressão conhecida como Cova da Iria, o Santuário marca o local onde a Virgem Maria apareceu em 1917 para três crianças, hoje conhecidas como “os três pastorinhos”, Lúcia de Jesus e seus primos Jacinta Marto e Francisco Marto, que haviam ido ao local levar o rebanho de ovelhas do pai de Lúcia para pastar.

As crianças contaram que “uma Senhora vestida toda de branco, mais brilhante que o sol” aparecer sobre um arbusto, do tipo conhecido localmente como “azinheira“.

Embora os três pastorinhos vissem a “Senhora”, só Lúcia, que tinha dez anos, falou com ela. Jacinta, de sete anos, só ouvia o que ela dizia e seus irmão Francisco, de oito anos, só podia vê-la.

Jacinta e Francisco morreram ainda na infância e foram mais tarde proclamados santos. Lúcia se tornou freira carmelita e faleceu em 2005, aos 97 anos de idade. 

As aparições da Virgem Maria para as três crianças se repetiram durante seis meses, sempre no dia 13 de cada mês, de maio a outubro de 1917, e desde então Fátima vem atraindo peregrinos do mundo inteiro.

 

As basílicas do Santuário de Fátima

 

Colunata e basílica de Nossa Senhora do Rosário - Fátima, Portugal
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

A basílica de Nossa Senhora do Rosário e parte da colunata

 

O Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima abrange duas basílicas, posicionadas a 400 metros de distância uma da outra em extremidades opostas da Cova da Iria, que pode ser comparada a um grande retângulo. 

A ampla esplanada entre as duas basílicas é chamado de Recinto de Orações. Numa extremidade fica a de Nossa Senhora do Rosário, que começou a ser construída em 1928 e foi concluída em 1953. 

Torre da basílica de Nossa Senhora do Rosário - Fátima, Portugal - Foto Viagens de Fé
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Parte superior da torre da basílica de Nossa Senhora do Rosário, no Santuário de Fátima

Cruz e coroa no topo da torre da basílica de Nossa Senhora do Rosário - Fátima, Portugal - Foto Viagens de Fé
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Cruz e coroa no topo da torre da basílica de Nossa Senhora do Rosário, no Santuário de Fátima

 

Vista de fora, essa basílica é marcada pela torre de 65 metros de altura, que tem na parte superior uma coroa de bronze de sete toneladas folhada a ouro e uma cruz, que é iluminada à noite.

Dentro da torre fica um carrilhão com 62 sinos, acionado diariamente e que é responsável pelo característico toque da “Ave Maria de Fátima”, muito conhecido no Brasil. 

Ouça abaixo esse toque marcante:

Abaixo do carrilhão fica um nicho com a bela imagem do Imaculado Coração de Maria, esculpida segundo a descrição da visão feita pela Irmã Lúcia.

Imagem do Imaculado Coração de Maria na torre da basílica de Nossa Senhora do Rosário - Fátima, Portugal - Foto Viagens de Fé
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Imagem do Imaculado Coração de Maria na torre da basílica de Nossa Senhora do Rosário, no Santuário de Fátima

Dentro do belo interior da Basílica estão os túmulos dos três pastorinhos e junto ao altar-mór está exposta a imagem número um da Virgem Peregrina, esculpida de acordo com os relatos pessoais de Irmã Lúcia e por isso considerada a que mais se aproxima à vista pelos pastorinhos.

Disposta em semi-círculo dos dois lados da Basílica, uma colunata com 200 colunas e meias colunas abriga 14 altares e uma bela Via-Sacra com grandes quadros de cerâmica policromada.

Basílica da Santíssima Trindade e Cruz Alta, no Santuário de Fátima
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Basílica da Santíssima Trindade e Cruz Alta, no Santuário de Fátima

Na outra extremidade do Recinto de Oração fica a bela e moderna Basílica da Santíssima Trindade, que começou a ser construída em 2004 e foi concluída em 2007.

Com 40.000 m² de área e capacidade para 8.633 peregrinos. ela se destaca pelo formato circular e pela decoração sóbria mas, ao mesmo tempo, impactante.

Mosaico pelo padre Marko Ivan Rupnik na basílica da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima, em Portugal
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Mosaico e crucifixo no prebitério da basílica da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima

Exemplos disso são o belíssimo mosaico dourado com 500 m2 de área (50m. de largura x 10m. de altura) instalado no fundo do presbitério, de autoria do padre Marko Ivan Rupnik, considerado o maior artista sacro da atualidade, e o impactante crucifixo, que parece flutuar no ar.

 

 

Capelinha das Aparições

 

Imagem original na Capelinha das Aparições - Santuario de Fátima - Portugal
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Imagem original de Nossa Senhiora de Fátima na Capelinha das Aparições

 

No entanto, o principal centro de atenções do Santuáruio de Fátima é a singela Capelinha das Aparições, construída dois anos depois das aparições no mesmo local onde a Virgem Maria foi vista pelos pastorinhos.

É lá que a imagem original de Nossa Senhora de Fátima é exibida numa caixa de vidro blindado no local exato onde estava o arbusto (azinheira) sobre a qual os três pastorinhos avistaram a Virgem Maria.

Com o passar dos anos, os fiéis foram levando pedaços da azinheira original, até que ela desapareceu totalmente, mas uma outra da mesma época, já centenária e bem crescida, conhecida como “azinheira grande“, continua existindo ao lado da Capelinha. 

Procissão noturna à luz de velas - Santuário de Fátima, Portugal
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Procissão à luz de velas no Santuário de Fátima

Hoje, a singela Capelinha original é protegida por uma cobertura. A Capelinha é de onde saem e para onde retornam as belíssimas procissões diurnas e noturnas (à luz de velas) no Santuário.

Outras atrações

 

Monumento ao Coração de Jesus, no Santuário de Fátima, Portugal
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Monumento ao Coração de Jesus

Depois de visitar a Capelinha das Aparições e as duas basílicas, não saia da Cova da Iria sem conhecer outras atrações, como o interessante Museu do Santuário de Fátima, no subsolo do prédio da Reitoria.

É lá que fica a coroa usada na imagem de Nossa Senhora de Fátima nas cerimônias importantes, que tem incrustada a bala que atingiu João Paulo II em 1981.

Além dela, o museu abriga uma coleção variada de recordações de visitas papais, peças sacras, ex-votos, ofertas dos peregrinos e outros artigos ligados à história do Santuário e ao culto de Nossa Senhora de Fátima.

Monumento ao Papa João Paulo II e Cruz Alta - Santuário de Fátima, Portugal
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Monumento ao Papa João Paulo II e Cruz Alta

Também vale a pena dar uma parada no Monumento ao Coração de Jesus, que fica bem em frente à Capelinha das Aparições. Em bronze dourado, ele marca o centro do Santuário e sua localização simboliza a centralidade de Jesus Cristo na Mensagem de Fátima. 

No caminho para a basílica da Santíssima Trindade, a marcante estátua do Papa João Paulo II lembra suas visitas ao Santuário e sua devoção a Nossa Senhora de Fátima.

Próxima à estátua fica a Cruz Alta, imponente marco em aço de 34 m de altura, impossível de deixar de ser vista. 

Uma visita completa ao Santuário de Fátima deve incluir ainda a aldeia de Aljustrel, onde estão as casas onde moraram os pastorinhos e o caminho que eles percorreram de lá até a Cova da Iria, no qual se encontram a Loca do Anjo (também conhecida como Loca do Cabeço), uma Via Sacra e o bonito Calvário Húngaro com a capela de Santo Estevão.

 

 

Serviço

Site do Santuário de Fátima:  www.fatima.pt

Site do Turismo de Fátima:  websig.cm-ourem.pt/fatima/

Site do Turismo de Portugal: www.visitportugal.com