Ruinas das igrejas jesuíticas de San Ignacio Miní, na Argentina

Ruínas das igrejas jesuíticas de San Ignácio Miní, na Argentina


 
Maior operadora de turismo religioso do mundo, a Opera Romana Pellegrinaggi  incluiu em seu catálogo um roteiro de turismo religioso que passa pelo Brasil, Paraguai e Argentina.
Começando na capital paraguaia, Assunção, o roteiro inclui as missões franciscanas de San Ignacio Guazu, Santa Maria, Santa Rosa e a igreja de San Cosme e Damián. Na Argentina, o roteiro inclue as missões jesuíticas na região de Posadas, como as de San Ignacio Mini, Santa Ana, Loreto e Santa Maria Mayor.
A seguir, é a vez do Brasil, com as Cataratas do Iguaçú, antes de voltar ao Paraguai para visitar Piribebuy e o Santuário de Caacupè, o mais visitado do país.  A viagem custa 3420 Euros
O Setor de Promoção Comercial (Secom) da Embaixada do Brasil em Assunção informou ainda que irá apresentar para a Embaixada do Brasil no Vaticano a possibilidade de inserção da cidade de São Miguel das Missões e de outros destinos localizados no Rio Grande do Sul no catálogo do roteiro jesuítico.
 
Sobre a Opera Romana Pellegrinaggi
 
Missão jesuítica na região de Córdoba, Argentina

Missão jesuítica na região de Córdoba, Argentina


 
A operadora foi criada em 1934 pelo Vaticano, com o objetivo de levar peregrinos em viagens religiosas aos principais destinos religiosos católicos e santuários do mundo.
Sediada em Roma, na Itália, é uma empresa subordinada ao Vicariato de Roma, um dos braços da Santa Sé, e especializada no que chama de “itinerários espirituais”, com roteiros com três focos principais: bíblico (origens da fé católica), mariano (destinos relacionados à vida de Maria e principais santuários marianos) e religioso.

LEIA TAMBÉM  Aparecida recebe a 5ª Romaria de Profissionais de Turismo nesta semana