O Convento de Nossa Senhora da Penha, em Vila Venha, ponto focal da Festa da Penha

O Convento de Nossa Senhora da Penha, em Vila Venha, ponto focal da Festa da Penha


Maior festa religiosa do Espírito Santo e uma das maiores do Brasil, a Festa de Nossa Senhora da Penha, em homenagem à Padroeira do Espírito Santo e mais conhecida como Festa da Penha, começa no próximo domingo em Vila Velha, município vizinho a Vitória, Capital do Espírito Santo.
As celebrações duram nove dias, cobrindo o período de 27 de março a 04 de abril. Este ano o tema escolhido é “Maria, Mãe e Porta da Misericórdia”, tendo em vista a celebração do Ano Santo da Misericórdia.
Além do significado religioso que tem para o Estado, a Festa de Nossa Senhora da Penha é uma das mais importantes para o movimento turístico capixaba e cresce a cada ano. As estimativas oficiais são de que o evento atraia um público de 1,3 milhão de fiéis, entre turistas e capixabas.
Ao todo, serão nove dias de orações, missas e devoção à Virgem Maria, numa das mais belas manifestações de fé do país. Os três últimos são os mais intensos com as Romarias dos Homens, das Mulheres, a Procissão Marítima e a missa do encerramento.
Programação
Festa da Penha, Vila Velha_ES
Nossa Senhora da Penha, Padroeira do Espírito Santo, é homenageada com a devoção franciscana chamada Oitavário da Penha, missas no campinho do Convento e na Prainha e romarias de diversos locais. A Romaria dos Homens é a mais tradicional da festa, realizada há 55 anos, e neste ano acontece no dia 2 de abril. Inicialmente criada para estimular a participação masculina na Festa da Penha, hoje é a maior procissão de homens do Brasil.
onvento da Penha_Vila Velha_ES

Festa da Penha


Nos últimos anos as mulheres passaram a também participar. Os mais de 400 mil romeiros caminham por 14 quilômetros, saindo da Catedral Metropolitana, às 19h, a romaria termina às 23h no Parque da Prainha, quando às 23h30 tem início a celebração eucarística.
Outras romarias acontecem durante o evento: a das Mulheres; a Procissão Marítima, que mantém viva uma das mais antigas formas de acessar o Convento: partindo da Ilha das Caieiras, em Vitória, e chegando pelo mar à Prainha; dos Motociclistas; dos Cavaleiros; dos Ciclistas; das Pessoas com Deficiência; dos Militares; e das Dioceses de Cachoeiro, Colatina e São Mateus.
Os shows religiosos acontecem no Parque da Prainha, aos pés do Convento da Penha. O destaque desse ano é o show de encerramento com o padre Juarez de Castro, logo após a missa de encerramento da festa, que acontece às 16h no dia 4 de abril.
A Secretaria de Estado de Turismo apoia a realização de eventos no Espírito Santo, proporcionando ao capixaba conhecer o Estado e valorizar a cultura local.
Turismo Religioso
Em julho de 2011 o Ministério do Turismo publicou a portaria nº 125, que busca incentivar o turismo religioso no Brasil, reconhecendo que este setor movimenta a economia gerando emprego e renda e consolidando municípios como destinos turísticos. Neste sentido, a crescente popularização da Festa da Penha vem ao encontro das resoluções do Governo Federal e busca se inserir na rota do turismo religioso do País.
O Convento da Penha
O Convento da Penha é um dos santuários mais antigos do Brasil e um dos ícones do Espírito Santo. Sua arquitetura é característica do período colonial brasileiro, foi fundado por Frei Pedro Palácios e construído pelos escravos, logo após a chegada dele em terras capixabas, em 1558. Foi tombado em 1943, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico Cultural.
Como santuário mariano muito procurado durante todo o ano por romeiros, é o segundo do Brasil, com mais de 2,5 milhões de pessoas. É considerado o principal monumento religioso do Estado e símbolo de devoção a Nossa Senhora da Penha. O Convento está localizado num penhasco de 154 metros de altitude e a 500 metros do mar, envolto por uma faixa de 50 hectares de mata atlântica. De lá é possível ter uma linda vista da Baía de Vitória, de Vila Velha e de belas praias.
Frei Pedro Palácios chegou ao Espírito Santo em 1558 trazendo consigo o Painel de Nossa Senhora das Alegrias. O Largo do Convento (ou campinho) foi o local escolhido para a construção de uma capela dedicada a São Francisco de Assis, em 1562.
Segundo a versão popular, o quadro teria sumido da Gruta onde o Frei morava e assim indicou o lugar onde deveria ser construído o Convento, no alto de um morro de 154 metros. A edificação da “Ermida das Palmeiras” foi erguida por volta de 1560.
Convento da Penha
O Convento da Penha faz parte do Sítio Histórico da Prainha de Vila Velha, complexo que agrega pontos históricos com novas construções levantadas sobre a região aterrada do município. Entre outras atrações, edifícios histórios e monumentos, lá também se encontra a Igreja Nossa Senhora do Rosário, fundada em 1551, que é a mais antiga ainda em funcionamento de todo o País.
 
Programação Festa de Nossa Senhora da Penha
Local: Convento da Penha e Parque da Prainha, Vila Velha – ES
Tema: Maria, mãe e porta da misericórdia
Data: 27/03 a 04/04
27/03 – Domingo de páscoa
Missas na Capela: 5h, 7h, 9h e 11h
8h30: Romaria dos Cavaleiros – saindo de Cobilândia, Vila Velha
14h30: Abertura do Oitavário e Missa no Campinho (estacionamento) do Convento
Obs: Missa coordenada pela Área de Vila Velha (neste dia, não há atendimento de confissões)
28/03 – SEGUNDA-FEIRA
Missas na Capela: 6h, 7h, 8h e 9:30
14h30: Oitavário e Missa no Campinho do Convento
Confissões: 8h às 11h e 14h às 16h00
Obs: Missa coordenada pela Área Serrana
29/03 – TERÇA-FEIRA
Missas na Capela: 6h, 7h, 8h e 9:30
14h30: Oitavário e Missa no Campinho
Confissões: 8h às 11h e 14h às 16h00
Obs: Missa coordenada pela Área Cariacica/Viana
30/03 – QUARTA-FEIRA
Missas na Capela: 6h, 7h, 8h e 9:30
14h30: Oitavário e Missa no Campinho
Confissões: 8h às 11h e 14h às 16h00
Obs: Missa coordenada pela Área Benevente
31/03 – QUINTA-FEIRA
Missas na Capela: 6h, 7h, 8h e 9:30
14h30: Oitavário e Missa no Campinho
Confissões: 8h às 11h e 14h às 16h00
Obs: Missa coordenada pela Área Serra
01/04 – SEXTA-FEIRA
Missas na Capela: 6h, 7h, 8h e 9:30 (Missa dos advogados)
14h00: Romaria dos Militares – saindo da Prainha
14h30: Oitavário e Missa no Campinho
Confissões: 8h às 11h e 14h às 16h00
Obs: Missa coordenada pela Área Vitória
02/04 – SÁBADO
Missas na Capela: 6h, 7:30h e 11 horas
8h00: Campinho – Missa da Diocese de São Mateus (Romaria às 7h do Portão do Convento)
8h00: Romaria das Pessoas com Deficiência – saindo da Praça Duque de Caxias
9h00: Prainha – Missa das pessoas com deficiência
14h30: Oitavário e Missa no Campinho (Romaria às 14h do Portão do Convento)
Obs: Celebrada pela Diocese de Cachoeiro de Itapemirim
19h00: Romaria dos Homens – saindo da Catedral de Vitória)
23h30: Prainha – Missa de encerramento da Romaria dos Homens
Confissões: 8h às 11h e 14h às 16h00
03/04- DOMINGO
Missas na Capela: 5h, 07h, 11h e 14h
9h00: Campinho – Missa da Diocese de Colatina (Romaria às 8h do Portão do Convento)
9h00: Procissão Marítima – saindo da Ilha das Caieiras
10h00: Romaria Motociclistas – saindo da Praça Costa Pereira, em Vitória
14h30: Romaria das Mulheres – saindo do Santuário de Vila Velha
15h30: Prainha – Oitavário
16h00: Prainha – Missa de encerramento da Romaria das Mulheres
Show na Prainha
Confissões: 8h às 11h e 14h às 16h00
04/04 – SEGUNDA-FEIRA – DIA DA PADROEIRA
Missas na Capela: 0h (meia-noite), 2h, 6h, 9h e 12h
7h00: Campinho – Missa da CRB e Seminário Nossa Senhora da Penha
8h30: Romaria dos Ciclistas – saindo de Cobilândia
9h: Bandas de Congo homenageiam a Padroeira no Campinho e recebem a bênção
10h00: Campinho – Missa das Pastorais
16h00: Prainha – Missa de encerramento da Festa de Nossa Senhora da Penha
Shows na Prainha após a Missa
Show de encerramento após a missa: Pe. Juarez de Castro
Confissões: 8h às 11h

LEIA TAMBÉM  Imagem gigante de Santa Rita agita o turismo religioso no Rio Grande do Norte